Curso técnico de enfermagem do trabalho

O curso de Especialização Técnica em Enfermagem do Trabalho é alinhado com o mercado de trabalho, atendendo às exigências específicas da ocupação com docentes com experiência profissional na área que enfatizam situações de aprendizagem dinâmicas e interativas que privilegiam a formação de um profissional crítico e criativo. A organização curricular está estruturada por módulos, possibilitando ao aluno o desenvolvimento de competências e elaboração de projeto durante o curso, para o desenvolvimento profissional.


Objetivo


Especializar profissionais capazes de realizar o planejamento, programação, orientação e execução das atividades de enfermagem do trabalho com o objetivo de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador, suprindo assim as necessidades decorrentes dos empregados regidos pela CLT - que devem manter obrigatoriamente os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

Mercado de Trabalho


No Brasil, a Política Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde, em vigor desde 2004, visa à redução dos acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, colocando em prática ações que envolvam a promoção, a reabilitação e a vigilância na área da saúde do trabalhador. Segundo dados do Ministério da Previdência Social, no ano de 2009, foram registrados 733.365 acidentes e doenças do trabalho, dos quais 2.496 resultaram em mortes e 13.047 deixaram as vítimas incapacitadas permanentemente para o trabalho. A atuação de equipes multidisciplinares junto aos trabalhadores vai possibilitar uma perspectiva maior de vida com melhor qualidade.


Aprenda na prática


As situações de aprendizagem previstas para cada módulo têm como eixo condutor um projeto que será desenvolvido no decorrer do curso, considerando contextos similares àqueles encontrados nas condições reais de trabalho e estimulam a participação ativa dos alunos na busca de soluções para os desafios que dele emergem. Estudo de casos e do meio de atuação, proposição de problemas, pesquisas em diferentes fontes, contato com empresas e especialistas da área, apresentação de seminários, visitas técnicas, relatórios técnicos, trabalho de campo e simulações de contextos compõem o repertório de atividades do trabalho por projeto, que serão especificadas no planejamento dos docentes a ser elaborado sob a coordenação da área técnica da unidade e registrado em documento próprio.


Certificação


Diploma com validade nacional.


Fazer pré-inscrição no curso